Blog do Bryan Rafael - Notícias de Zé Doca e Região

Casal é preso com notas falsas em Cantanhede

A Polícia Civil de Cantanhede prendeu em flagrante delito, na quinta-feira (18), o casal Genilson Costa Gomes e Jackeline Souza da Silva por crime de circulação de moeda falsa. Segundo informações da polícia, os golpistas faziam compras de baixo valor e pagavam com notas falsas de valor superior ao das mercadorias. Com isso, recebiam o troco em dinheiro verdadeiro, concluindo, assim, o objetivo da empreitada criminosa. Tais práticas do casal vinham sendo reiteradas em Cantanhede e nas cidades vizinhas.

 

Eles foram autuados com base art. 289, §1º do Código Penal (falsificar, fabricando-a ou alterando-a, moeda metálica ou papel-moeda de curso legal no país ou no estrangeiro. § 1º – Nas mesmas penas incorre quem, por conta própria ou alheia, importa ou exporta, adquire, vende, troca, cede, empresta, guarda ou introduz na circulação moeda falsa). A pena prevista é de reclusão de três a 12 anos, e multa.

 

Genilson Costa Gomes, ex-agente penitenciário temporário do Presídio São Luís (PSL), foi preso em 05 de janeiro de 2018, ao tentar repassar celulares e drogas para detentos. Segundo a polícia, já havia uma suspeita de que Genilson Costa estaria tendo contato com presos.

 

À época, o delegado Luiz Augusto Mendes disse que havia informações de que, em dias anteriores, Genilson teria passado uma sacola para um detento, o que gerou suspeita. “Hoje, ele ia passar pelo scanner corporal, mas deu uma desculpa e foi para o alojamento, seguindo depois para o posto de trabalho. Com isso, os seguranças foram até o alojamento e vasculharam a mochila do agente. Dentro dela encontraram cinco celulares com carregadores e três pacotes de maconha, pesando cerca de meio quilo”, explicou o delegado Luiz Augusto Mendes.

Categoria: Uncategorized

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*