Blog do Bryan Rafael - Notícias de Zé Doca e Região

Tragédia: Quatro jovens morrem em graves acidentes na BR-010 entre Campestre e Porto Franco

Quatro jovens morreram em dois graves acidentes, na madrugada deste domingo (20), em trechos da BR-010 entre as cidades de Porto Franco e Campestre, no Maranhão.

 

Os mortos foram identificados como Aneilton Bandeira Lima, de 24 anos, Matheus Alves Soares, de 19 anos, Vinícius Gomes Marinho, de 22 anos, residentes em Porto Franco; e Camila do Valle Silva, de 22 anos, residente em Campestre. Todas as vítimas eram ocupantes de motocicletas.

 

Segundo a PRF, o primeiro acidente ocorreu por volta das 2h30 no km 169,4, em Campestre do Maranhão. Foi uma colisão frontal entre Honda Biz 125ES, de placa OLH-5034, de Tocantinópolis/TO, e o veículo Hyundai HB20 1.6 Sedan Comfort, cor branca, placa QDA-4707, de Marabá/PA. O jovem Matheus Alves Soares, condutor da motocicleta, morreu no local. Os dois ocupantes do HB 20 ficaram gravemente feridos.

 

O HB 20 teria invadido a contramão de direção, por motivo ainda não esclarecido, e colidiu contra a Biz, vindo em seguida a sair de pista e descer uma ribanceira. Os ocupantes do HB 20 foram socorridos pelo SAMU e levados para o Hospital Municipal de Imperatriz.

 

O segundo acidente ocorreu por volta das 5h40, durante atendimento ao primeiro acidente, poucos metros à frente, no Km 170. Os policiais avistaram, transitando no sentido decrescente (Campestre do Maranhão/Porto Franco), uma motocicleta Honda/CG 150 preta, seguida por um veículo Chevrolet Ônix Plus Turbo LTZ, prata, placa QXV-1D11, de Belo Horizonte/MG.

 

A motocicleta transportava três pessoas e, ao avistar a viatura PRF e o veículo envolvido no primeiro acidente, realizou uma frenagem brusca, reduzindo drasticamente a velocidade.

 

Nesse momento, o veículo GM/Ônix colidiu fortemente contra a traseira da motocicleta, derrubando os três ocupantes, que morreram no local. A motocicleta foi arrastada por aproximadamente 120 metros. No local, morreram Aneilton Lima, Vinicius Marinho e Camila Valle.

 

A equipe deu voz de prisão ao condutor do GM/Ônix, um homem de 30 anos, que dirigia sob efeito de bebida alcoólica, conforme teste de etilômetro, que acusou a concentração de álcool de 0.49 mg por litro de ar alveolar expelido pelos pulmões. Ele foi encaminhado para apresentação na Delegacia de Polícia Civil em Estreito. O motorista responderá por homicídio e embriaguez ao volante.

 

Os PRFs acionaram o Instituto de Criminalística e o Instituto Médico Legal de Imperatriz, tendo sido realizada perícia em local de acidente bem como a remoção dos corpos para o IML do município de Imperatriz.

 

Com informações da PRF

Categoria: Uncategorized

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*